Monday, December 17, 2012

Amandio Presents Sotão Discotheque (1978)


01. Universal Energy - Disco energy
02. Gilly Mason - Soul sister
03. Patsy Galant - Sugar daddy
04. Gonzalez - I havent stopped dancin
05. Gene Farrrow & The G.F. Band - Hey you shold be dancin
06. Sanfighter - Café a go go
07. Café Creme - Beatles disco
.
DJ Amândio – Enquanto Ricardo Lamounier se consolidou como o DJ superstar da disco music na New York City Discothèque, Amândio construiu uma reputação com um público mais alternativo. Tocando na boate gay Sótão, onde estreou em 1973, Amândio tornou-se referência nacional como DJ e virou ídolo dos modernos do Rio na década de 70. Cheio de vitalidade, ele toca até hoje, e muito bem! Idade? Por volta dos 60. (Texto por Blog Skadrophenia)

9 comments:

Jorge Ramiro said...

Esse disco foi muito importante pra mim,assim como o próprio Amandio e seu maravilhoso talento para o som dançante na época...
Vc não tem um link pra baixar esse disco??

marco aurelio said...

onde esta o link

Anonymous said...

Alguem por favor teria o link do lado b?
obrigado

Raquel said...

o link do album inteiro está no youtube https://www.youtube.com/watch?v=Bpmbio1jUbo

Mano Mylius said...

Link no 4shared:

http://www.4shared.com/rar/IwqpXPzsba/APS0T0D78.html

Aproveitem enquanto não deletam.

Jorge Curvello said...

Esse cara é meu amigo de anos, mas prediso do enderço de e-mail dele. saudes mil, tenmpos pra relembrar, ele vai gostar de saber de Odeth bacalhau.

Mano Mylius said...

Jorge Curvello, você encontrará o Amandio no Facebook, sob o codinome "Amandio Da Hora"... www.facebook.com/amandiodj?fref=ts.

wilson said...

Cara! dancei muito muito na Sotão. Saudades!!! Lembro que certo dia pedi ao Amandio que gravasse uma "fita cassete" para eu levar para minha cidade (Tubarão-SC), eu pegaria no outro dia. Prontamente aceitou e como eu era cliente assíduo de férias de verão,no outro dia lá estava eu tomando meu gin tônica e com fita cassete no bolso. Feliz da vida. Saudade daqueles tempo que não volta mais.

Alberto Jorge Cavalcanti said...

Sinto.muitas saudades desse tempo anos 70 vivi nas noites do Sótão um passado de muitas alegrias